Frankenstein, de Mary Shelley, comemora os 200 anos de sua criação   ***
Arquétipo Desing+Comunicação (31/10/2017)        

Marco do suspense comemora os seus 200 anos e está de volta

Landmark publica primeira versão de Frankenstein, lançada em 1818

Chega às livrarias a primeira versão de Frankenstein (Landmark; 320 pp; R$ 42 – Trad. Doris Goettems), de Mary Shelley, publicada em 1818. A exclusiva edição integral é comentada e bilíngue. Mary Shelley escreveu o título quando tinha apenas 19 anos. A obra foi elaborada após o encontro do casal Shelley com Lorde George Gordon Byron, 6º Barão Byron (1788-1824), em sua mansão às margens do lago Genebra, encontro que produziu uma série de textos, poemas e romances de autoria de Byron, John Polidori (1795-1821), Percy e Mary Shelley, conforme relatado no Prefácio da edição de 1831. A obra foi publicada em 1818, sem o devido crédito para a autora em sua primeira edição, mas com um prefácio escrito por seu marido, Percy Bysshe Shelley. Esta primeira versão publicada, mais densa e completa, é que a Landmark traz o Brasil.